Como gerar leads no WordPress?

Como gerar leads pelo WordPress

Você sabia que existe uma maneira de gerar leads no WordPress? Não? Apesar de ser uma forma menos conhecida, gerar leads pelo WordPress é uma maneira excelente de aproveitar as oportunidades que este CMS (Sistema de Geração de Conteúdo, em português) oferece.

Afinal, se falamos em Marketing Digital, falamos em gerar oportunidades de negócio para a sua empresa e, para isso, você precisará da ajuda dos leads.

Neste artigo, vamos te contar:

• Leads no WordPress: principais formas de captação

• Ferramentas externas vs. plugins

• Geração de Leads: cuidados e dicas que você precisa saber

Continue lendo e confira!

Leads no WordPress: principais formas de captação

Como já dito, gerar leads no WordPress é uma ferramenta que poucas pessoas conhecem. De fato, quando tocamos neste assunto, logo vem à cabeça ferramentas de automação e até mesmo landing page.

Porém, assim como estes outros mecanismos, o WordPress tem muito a oferecer, afinal, ele é o CMS mais utilizado do mundo, com cerca de 30% dos sites da internet utilizando seu sistema de gerenciamento de conteúdo.

Mas você ainda deve estar se perguntando: como gerar leads no WordPress então? Fique tranquilo, pois vamos te apresentar duas formas: as ferramentas externas e os plugins.

Ferramentas externas

As ferramentas externas, que podem ser gratuitas ou pagas, nada mais são do que pop-ups que te auxiliam a captar leads. Alguns exemplos das ferramentas externas mais utilizadas são:

Porém, é necessário que você saiba o que está buscando para identificar qual a ferramenta correta você deve utilizar. A Hello Bar, por exemplo, possui uma quantidade muito boa de estilos de pop-ups, enquanto na Get Site Control você consegue escolher as páginas onde irá colocar as pop-ups e até mesmo diferenciá-las de acordo com a fonte do tráfego.

Entretanto, se for um blog pessoal, o mais indicado seria a Sumo Me ou até mesmo a Hello Bar. Já para projetos mais sofisticados, a Hello Bar e a Get Site Control são ótimas opções. Por fim, para projetos muito grandes, de empresas, por exemplo, a melhor opção seria a Intercom.

Plugins

O plugin é como um software, mais especificamente um código, que você instala no próprio WordPress. Além disso, o uso de plugins para capturar leads é uma das formas mais conhecidas e fáceis de se fazer isso.

Os sistemas de pop-ups mais conhecidos para plugins são o OptinMonster e o Pop-up Maker. Ambos são instalados dentro do WordPress e, para gerenciá-los, basta apenas fazer o seu login na plataforma. Depois, você irá acessar o painel administrativo e encontrará uma opção com o nome de um dos dois plugins.

Dessa forma, será possível que você controle qual será o layout, qual texto será mostrado, como os leads pelo WordPress serão capturados, etc.

Ferramentas externas vs. plugins

Agora que você já sabe quais são as duas maneiras de gerar leads no WordPress, você deve estar se perguntando qual utilizar: as ferramentas externas ou os plugins? Isso depende muito de quais são os seus objetivos e da sua experiência, porém, é mais comum fazer-se o uso das ferramentas externas.

Isso porque com as ferramentas externas você não irá depender da plataforma e só irá instalar o código de Javascript. Além disso, dependendo dos plugins, o WordPress pode se tornar mais lento, prejudicando o tráfego orgânico e a experiência de usuário.

Geração de Leads: cuidados e dicas que você precisa saber

Por fim, a dica é: ofereça uma isca interessante para o seu usuário. Pode ser um ebook, um pdf, um áudio e até mesmo um vídeo. Lembre-se que no final do dia o que conta é a experiência do usuário.

Por isso, pense bastante no que você está oferecendo naquele lead. De fato, algumas instalações, ao deixar o site mais lento, podem prejudicar a experiência do usuário, além de poder prejudicar também a busca orgânica, diminuindo o “peso” que o Google dá para o seu site.

Além disso, uma última coisa que você precisa ter cuidado é verificar se a sua ferramenta tem compatibilidade com seu sistema de e-mail. Assim, antes de instalar uma ferramenta ou plugin, confira quais são as integrações que existem.

Por fim, deixamos aqui algumas sugestões de posts relacionados para você conferir:

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.