Como o modelo de negócios da Amazon pode inspirar a sua empresa?

A Amazon é a atualmente a maior empresa do mundo com sua marca avaliada em mais de 150 bilhões de dólares, o que torna a gigante do varejo e, também, um modelo de negócios para se inspirar.

Criada por Jeff Bezos em 1994, com uma estratégia de negócios até bastante simples, conhecida como Napkin Diagram, por ter sido escrita em um guardanapo, a Amazon prega que:

-> mais produtos -> mais experiência para o consumidor -> mais tráfego -> mais vendedores -> mais crescimento -> menos custo -> mais preços baixos.

E tem dado certo!

O sucesso da Amazon é tão grande que, infelizmente, acaba trazendo perdas e danos significativos para os setores do varejo dos países onde atua. O anúncio da expansão das atividades da empresa no Brasil provocou forte queda das ações da B2W e do Magalu na bolsa brasileira. Porém, para muitos, é o preço a se pagar pela excelência nos serviços oferecidos pela empresa.

Guardadas as devidas proporções entre a Amazon e o seu negócio, algumas ações do modelo da empresa americana podem sim ser aplicadas para aumentar o sucesso do seu empreendimento. Confira!

Obsessão pelo cliente

A primeira lição, por mais óbvia que pareça, é essa: foco no cliente! A missão da empresa é oferecer aos consumidores uma experiência diferenciada. Por isso, está sempre aprimorando os processos e serviços oferecidos para atender a necessidade do seu público. Prova do sucesso são os números: cerca de 304 milhões de contas ativas só nos EUA.

Esteja sempre atento às demandas dos consumidores e procure atendê-las da melhor forma possível.

Experiência customizada

Não é só a excelência de seu atendimento 24 horas que torna a experiência do cliente incrível, uma das premissas da Amazon. Com os dados coletados dos usuários, a empresa consegue oferecer um atendimento personalizado, que garante a satisfação e a fidelização dos seus clientes.

Uso de Big Data

Por falar em coleta de dados, é o uso de algoritmos de inteligência artificial que permite essa personalização da relação com seus clientes. Por isso que o sistema da Amazon de recomendação de produtos é considerado um dos melhores do varejo. Quando um cliente se torna membro do Amazon Prime é possível obter ainda mais informações e aprimorar a experiência dos clientes.

Incentivos para fidelizar

Para fidelizar os clientes é preciso apostar em diferenciais e a Amazon soube trabalhar com os incentivos. No ano de 2005, a assinatura do Amazon Prime era restrita ao frete grátis e rápido e custava, nos Estados Unidos, 79 dólares por ano. Em 2020 o usuário paga 119 dólares e tem acesso a filmes, músicas, livros e ainda pode armazenar arquivos de mídia na nuvem da Amazon. Por conta das condições diferenciadas, os assinantes da Amazon Prime costumam gastar mais do que os não assinantes.  

Diversificação

Parte das demandas dos consumidores é a diversidade de produtos e serviços e a Amazon consegue atingir essa necessidade com excelência. A empresa foi de distribuidora de livros a segunda maior empresa do mundo em pouco mais de 20 anos e, hoje em dia, comercializa produtos de diversos setores. Só nos Estados Unidos, são mais de 2 bilhões de produtos no catálogo.

Além disso, atua também nas áreas de transporte e logística, inteligência artificial, serviço de streaming e outras. Invista na qualidade e agilidade dos serviços e produtos oferecidos pela sua empresa e, se possível, diversifique-os.

Foco e ação

Além de “obsessão pelo cliente”, os princípios de liderança da empresa são “foco implacável” e “viés para ação”. E, para manter esse foco, a empresa não se importa em abandonar o que não dá certo na hora de atingir esse objetivo, sempre incentivando à ação.

E é justamente esse objetivo bem definido e a capacidade de desistir das estratégias que não colaboram para que ele seja alcançado que se deve tirar de lição aqui.

Atenção aos movimentos do mercado

“Você deve olhar para o que as outras empresas estão fazendo. É muito importante não ser hermeticamente fechado. Mas você não quer olhar e dizer: ‘Ok, vamos copiar isso’. Você quer olhar e dizer: ‘Isso é muito interessante. Como os resultados disso podem nos inspirar?’ E, em seguida, vai colocar seu próprio toque exclusivo.”

Essa frase do fundador Jeff Bezos resume bem como sua empresa deve se portar no mercado. Muito mais do que copiar um modelo que dá certo, é preciso dar um passo adiante.

Inovação

A Amazon investe pesado para otimizar rotinas e processos da empresa. Foram 22,6 bilhões de dólares aplicados em pesquisa e desenvolvimento no último ano. Isso mostra o quanto inovar é necessário. Contudo, você deve fazê-lo dentro da realidade do seu negócio.

Inovar não é apenas ser criativo. É, antes de tudo, criar soluções para os problemas da sua indústria. Aqui você tem acesso a um post com a melhores práticas de gestão da inovação em marketing digital.

É ou não é um modelo de negócios a se inspirar? Claro, não é da noite para o dia que você consegue transformar a sua empresa, mas com essas dicas e muito trabalho, é possível conseguir resultados expressivos para o seu negócio, independentemente do tamanho e da área de atuação.

Se você quer começar a aplicar essas estratégias na sua empresa, entre em contato com a gente por aqui. Oferecemos diversos serviços para ajudar você a se tornar destaque no mercado.

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.