Como planejar o estande para feiras?

O planejamento da participação de uma empresa em uma feira é cercado por muitos detalhes. Geralmente, montar o estande em uma feira requer um alto investimento de tempo e dinheiro e para garantir que tudo corra conforme o planejado, é fundamental ter os objetivos muito claros e cumprir um check list para providenciar tudo que for necessário. Confira essas dicas valiosas que devem ser levadas em conta para montar o estande que seja o centro das atenções.

Localização do estande

Para fazer essa definição, o ideal é ir à feira na edição anterior como visitante. Percorra todos os corredores e verifique o que favorece um maior fluxo de pessoas, que pode ser a saída dos sanitários ou a praça de alimentação. Todo o público vai passar pela entrada do evento, mas se o visitante chegar pensando em um estande específico pode nem notar o da sua empresa. Uma esquina pode ser mais ampla e chamativa e se tornar uma boa opção. Guarde o mapa da edição e compare com o da que irá participar para ver se houve mudanças significativas.

Locação com antecedência

Para garantir aquele espaço ideal é preciso fazer a reserva com alguns meses de antecedência. Normalmente, os piores lugares são escolhidos por último e sua empresa já começa com uma desvantagem.

Importância de conhecer os vizinhos

Após o fechamento das locações, a organização da feira divulga o mapa com os estandes e seus respectivos nomes. Obtenha o máximo de informações sobre as empresas e procure descobrir como serão seus estandes. Esses dados podem trazer duas vantagens: definir o layout e o design para destacar o estande em relação aos outros e fazer networking para uma possível parceria nos negócios.

Aspectos visuais

Todos os elementos que compõem o estande devem ter um objetivo. As cores devem estar em sintonia com a identidade e a marca da empresa. A iluminação pode destacar um produto, atrair o olhar para a sua principal atração. Os móveis têm o poder de passar uma mensagem mais moderna ou conservadora. As roupas dos expositores podem ser um diferencial para mostrar ao visitante a cara da empresa. Enfim, toda a comunicação visual deve estar alinhada e em harmonia para impressionar o visitante.

Interatividade

Investir em jogos, realidade virtual, demonstrações pelo iPad ou outras formas de comunicação que estimulem a interatividade é uma poderosa forma de imersão do potencial cliente nos benefícios dos produtos e serviços da empresa. Um contato mais realista e atraente pode valer mais que a explicação do vendedor.

Conforto do estande

Uma água, petisco ou uma brisa refrescante do ar condicionado podem fazer a diferença no tempo que o visitante permanece no estande e em sua disposição para receber as informações do seu negócio. Um espaço aconchegante é a primeira impressão do relacionamento que o cliente espera ter com a empresa.

Estrutura física e equipamento

De nada adianta ter ideias fantásticas que não possam ser executadas por conta de falhas em equipamentos ou falta de algum componente. Portanto, antes dos portões serem abertos ao público é importante fazer testes e simulações para que aquela apresentação incrível não se torne um fiasco.

Esse check list seguido à risca é o primeiro passo para aumentar o sucesso da participação em uma feira.

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário