Como rankear no Google: conceitos básicos

Como rankear no Google conceitos básicos

Rankear no Google é o que permite que sua empresa alcance de forma mais rápida e precisa o seu público-alvo sem comprar anúncios. Mas o que significa rankear no Google? É fazer alguns processos de otimização no site e no seu conteúdo para que, no momento em que o usuário faz uma pesquisa, sua empresa apareça entre os primeiros resultados. Por que isso é importante? Primeiro, porque o Google é uma das principais fontes de informação para quem busca um produto ou um serviço. Segundo, porque o usuário não percorre várias páginas de resultados para definir em qual site vai navegar.

Estudos indicam que um terço das escolhas (33%) são pelo primeiro resultado, 62% ficam nas 3 primeiras opções e apenas 8% das buscas passam da primeira página.
Para facilitar a compreensão, vamos utilizar uma loja de flores para explicar os conceitos básicos para rankear no Google.

Como Rankear no Google

Palavra-chave

A palavra-chave é aquela que o usuário digita na busca do Google. Se você digitar apenas a palavra flores, vai encontrar diversos assuntos, como tipos de flores, nomes de flores, cuidados com as flores, etc. Mas se a loja está vendendo flores pelo site, uma palavra-chave como flores online já vai ao encontro do desejo do consumidor, que é fazer uma compra.

Autoridade da página

Sites mais recentes costumam não contar com um tráfego e reputação como as páginas mais antigas, mesmo porque o Google conta pontos pela idade do domínio. Portanto, o site novo da loja de flores poderá ter dificuldades para passar na frente de uma página com mais autoridade com a palavra-chave flores online. Uma opção é definir uma long tail, ou calda longa, que nada mais é do que uma palavra-chave mais específica, que busque um nicho, por exemplo, como flores online para aniversário ou flores online com cesta de café. O público será menor, mas você terá menos concorrência para se posicionar nestas buscas.

Ferramentas

Mas como ter ideia se a palavra-chave escolhida é a melhor? Há algumas ferramentas, como o Ubersuggest e o Keyword Explorer que ajudam a identificar a palavra-chave ideal. Essas ferramentas mostram, por exemplo, como está a concorrência para a palavra-chave, seu volume de buscas, etc. Se a nossa loja de flores não vendesse flores pela internet poderíamos usar flores para casamento São Paulo, mas como a cidade é muito grande e o usuário pode preferir um comércio perto de casa, utilizar flores para casamento em Pinheiros pode ser uma boa alternativa. Contudo para decidir entre essas opções, é preciso saber quantas pessoas buscam essa expressão e qual a dificuldade para se posicionar com cada uma delas e as ferramentas citadas vão lhe ajudar justamente aí.

Ideias para palavras-chave

Há algumas maneiras de fazer uma lista de prováveis palavras-chave para fazer a análise em uma ferramenta. Uma das formas é checar a concorrência. Uma loja que vende os mesmos produtos que você está bem rankeada no Google? Analise quais palavras-chave essa empresa usa, como é seu conteúdo, quais as estratégias para chamar atenção? Outra maneira é fazer pesquisas no próprio Google. A ferramenta Google Trends, por exemplo, mostra as palavras-chave que estão em alta ou em baixa divididas por regiões do Brasil.

Compreenda o usuário

A pessoa que digita na busca flores online dia dos namorados tem uma demanda clara, que é efetuar uma compra. Se ela clicar e encontrar um conteúdo falando sobre como montar um buquê de flores ou flores do jardim botânico, isso certamente irá descredibilizar seu site. Se a intenção é comprar flores, publique fotos para o cliente ter uma ideia do produto. Já se a pessoa busca informações sobre como montar um buquê, um vídeo pode ser mais apropriado. Portanto, compreenda a necessidade e utilize a linguagem que melhor atenda à demanda do seu cliente.  

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.
WhatsApp