Crie um bom formulário para captação de leads e melhore seus resultados

O formulário para captação de leads é uma ferramenta importante e, principalmente, de grande eficácia. Entretanto, para se obter retornos expressivos, a ferramenta deve ser bem planejada e aplicada. 

O que todos os empreendedores desejam é ter uma ótima relação com seus possíveis consumidores, compartilhar informação relevante e especialmente gerar conversões. Para tanto, o formulário mostra-se um verdadeiro elemento-chave. 

Veremos o assunto da seguinte maneira: 

  • Formulário para gerar a captação de leads: o que é? 
  • Quais as vantagens dessa estratégia e que informações deve conter? 
  • Qual a estrutura mais adequada para a criação da ferramenta? 
  • Cuidado com formulários longos 
  • Criação de formulários x LGPD 
  • Realizei a captação de leads, o que fazer? 
  • Preciso de plataformas complexas para criar landing pages? 

Formulário para gerar a captação de leads: o que é? 

Se você, como usuário, já consumiu conteúdos na internet de forma gratuita, certamente teve de preencher um formulário para captação de leads. Esse instrumento reúne campos em uma landing page, na qual o usuário deve colocar os dados solicitados para que possa ter acesso ao conteúdo de interesse de forma gratuita. 

Mas como acontece esse processo? É uma grande troca. Se você deseja adquirir aquele conteúdo, certamente, o produto ou o serviço que a empresa oferece tem relevância a você. 

As informações solicitadas geralmente são bem simples, apenas o suficiente para um contato futuro. Ou, no máximo, informações que permitam à empresa identificar se você é um cliente em potencial. Na maioria dos casos, essencialmente, são solicitados nome, sobrenome e e-mail. 

Quais as vantagens dessa estratégia e que informações deve conter? 

As vantagens oferecidas pelo formulário de captação de leads são inúmeras, mas a principal é o aumento de vendas das empresas. Ao entrar em contato com clientes declaradamente interessados, as conversões tendem a ser maiores.
Além disso, a captação de leads ajuda a dar uma ideia mais desenvolvida sobre o público. Agora vamos ver os principais benefícios que os formulários trazem: 

Base de leads 

Uma boa estratégia tem mais chances de se sair melhor quando a base de leads é robusta. Por isso, a captação de dados deve ser certeira (mesmo que usando questionários enxutos). As informações obtidas com as respostas serão o guia principal para nortear as ações

Conheça seu público 

Uma base de leads robusta significa conhecer mais a fundo seu público. Essa informação vale ouro. É daí, por exemplo, que conseguirá definir a persona de seu negócio. Justamente por essa razão que a estratégia terá instrumentos precisos para fazer o lead caminhar pelo funil de vendas e se tornar um cliente. 

Troca ágil 

Quanto menos trabalho você der ao lead, melhor será a troca. Mas que troca é essa? É o processo em que o internauta fornece dados pessoais para ter acesso a um material rico, por exemplo. Então, se quer que suas conversões funcionem, atente-se a oferecer uma troca ágil, ou seja, formulários curtos e objetivos. 

Taxa de conversão maior 

Para se ter um formulário eficaz, a estrutura mais resumida é a que pede: nome, sobrenome e e-mail. É claro que você pode incluir esta ou aquela pergunta a mais. Porém, esses três tópicos te garantem um início de jornada de consumo promissora (vai de sua estratégia para conduzir o lead até a conversão). 

Se você estranhou a falta do tópico “telefone”, não se preocupe. Acontece que pesquisas revelaram haver queda no interesse quando a pessoa precisa dizer seu número. 

Qual a estrutura mais adequada para a criação da ferramenta? 

Um formulário para captação de leads bem construído deve ter como estrutura uma base que favoreça sua otimização. Confira elementos básicos que devem compor uma boa estrutura. 

Design 

Funcionalidade e beleza convertem mais. O design deve chamar a atenção do leitor e oferecer sempre uma aparência moderna. 

Localização do formulário 

Se o usuário tiver dificuldade para encontrar o formulário para captação de leads na landing page, provavelmente desistirá de adquirir o conteúdo (ou seja, você não terá os dados cadastrais desse lead). 

CTA (call to action ou chamada para ação) 

Declarar o que o usuário deve fazer é de suma importância para o processo de conversão e ação dos usuários. Seja objetivo, claro e principalmente persuasivo. 

Cuidado com formulários longos 

Talvez você já deva ter se deparado com um formulário interminável. Se isso aconteceu, provavelmente deve ter achado cansativo – porque, de fato, é cansativo. Aí está uma das razões para não conquistarmos os resultados esperados. O fato é que muitos acabam desistindo de preencher. 

Para evitar desapontamentos com sua landing page, seja objetivo. Inclua somente perguntas essenciais. Leve em conta esta constatação: quanto maior a quantidade de campos em seu formulário para captação de leads, menor a conversão. 

Para te ajudar, aqui vão duas dicas boas. 

Número de campos 

Afinal, existe mesmo um número ideal para favorecer a taxa de conversão? Sim, de certa forma. Ainda que pedir nome, sobrenome e e-mail seja uma fórmula eficiente, dá para ir mais além. Uma média razoável que costuma funcionar bem é de 4 a 6 campos. 

Repetição de formulários 

Se há algo capaz de tirar o lead do sério, é ter que ficar preenchendo o mesmo formulário para conseguir cada produto de seu interesse em um site (receber newsletter, baixar e-book, etc.). Então, invista em formulários inteligentes, em alternativas que garantam dados sem espantar o lead. 

Criação de formulários x LGPD 

Com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em vigor desde 2020, vieram dúvidas em relação à dinâmica para o relacionamento com os internautas. De forma geral, a geração de leads continua possível. O que merece atenção é a coleta de dados. 

Com a LGPD, você precisa definir a base legal que se encaixe a sua necessidade. As bases legais do consentimento e da demonstração de legítimo interesse estão entre as principais quando se trata de formulário para captação de leads. Ou seja, ele permite fornecer seus dados em troca de algo (um e-book, por exemplo). 

Práticas como a do “soft opt-in” (quando os checkboxes já vêm marcados na opção de autorização) e a do próprio checkbox tendem a acabar. Em vez deles, o formulário ou a landing page disponibiliza campos com as opções “sim” e “não”, para que o lead possa assinalar sua resposta. 

Estas são possibilidades. Fica a dica: busque se informar bem sobre a LGPD antes de pensar em suas ações. 

Realizei a captação de leads, o que fazer? 

Ao realizar a captação de leads, você terá acesso às informações de contato dos consumidores, como nome e e-mail. Assim, poderá enviar mensagens (de forma moderada, claro) com conteúdo relevante ao consumidor ou então com informações sobre a empresa, bem como promoções exclusivas. Enfim, tem a chance de criar inúmeras ações voltadas à conversão do lead. 

Preciso de plataformas complexas para criar landing pages? 

Não, você não precisa contratar os serviços de plataformas complexas. Algumas redes sociais, como Facebook e LinkedIn, oferecem tais ferramentas para que os anunciantes consigam captar leads sem precisar de ferramentas extras. 

O formulário para captação de leads é uma modalidade estratégica e efetiva que facilita a captação de futuros clientes. O melhor é que você não precisa investir tanto dinheiro assim. Se contar com uma agência especializada, como a Monolito, suas chances de obter sucesso aumentam. 

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário