Definir um problema pode ajudar no desenvolvimento do seu pitch?

Um pitch pode ser utilizado para diferentes finalidades. A mais comum é tentar realizar uma venda – e um pitch de sucesso é aquele que consegue tocar a audiência ao criar um vínculo explorando um problema e apresentando uma solução que o seu negócio pode trazer.

Algumas estruturas de pitch, como a Problema-Solução-Benefício e a Problema-Solução-Prova, exploram no discurso a dor da sua audiência. Essa ação conquista algo poderoso, que é a atenção da audiência.

Consequentemente, a audiência estabelece como relevante o conteúdo que está sendo apresentado e cria-se empatia na relação entre o seu negócio e os clientes ou investidores em potencial.

Neste artigo, vamos trabalhar com a seguinte questão: como definir um problema pode ajudar no desenvolvimento do seu pitch?

Vamos abordar a estrutura específica do pitch onde se discute um problema e se oferece uma solução a partir de duas estruturas: Problema-Solução-Benefício e Problema-Solução-Prova.

 

Definindo um problema como base para o pitch

Tanto na estrutura Problema-Solução-Benefício quanto na Problema-Solução-Prova, a chave para a construção do discurso está no levantamento do problema da sua audiência que poderá ser solucionado com o seu produto ou serviço.

As abordagens problema-solução se apresentam mais eficazes que as tradicionais por promover identificação da audiência. A grande diferença nas estruturas apresentadas é como você vai fazer o encaminhamento do seu discurso.

Com o Problema-Solução-Benefício, você deverá encerrar o seu discurso mostrando os benefícios do seu produto ou serviço como solução para um determinado problema. Porém, algumas pessoas dizem que a estrutura perfeita é problema, solução e benefício. Aqui, a solução nada mais é do que a identificação do objeto da apresentação e partindo do princípio que o benefício é lógico o suficiente para ser aceito.

Já com o Problema-Solução-Prova, explora-se como de fato o seu produto ou serviço mudou na vida dos seus consumidores. Para isso, utiliza-se um conceito chamado de prova social.

 

O que é prova social?

Dentro do marketing digital, a prova social é uma técnica para converter um cliente ou lead – dependendo do meio em que essa estratégia está sendo aplicada – através da persuasão.

O grande mérito da prova social é que ela consegue demonstrar a opinião de pessoas reais sobre o consumo ou a utilização de determinado produto ou serviço. Os profissionais de marketing utilizam como prova social a fala do consumidor através de um depoimento, relato de experiência, testemunhal, opinião nos sites ou pontos de venda e os comentários nas redes sociais.

Hoje em dia, as empresas perceberam mais do que nunca como a opinião dos clientes é importantíssima. E isso fica evidente já que cada vez mais os consumidores procuram a opinião ou relato de terceiros sobre um produto e serviço. Isso obrigou as empresas a mudarem as suas estratégias de vendas, e os vendedores a alterarem o seu comportamento – o que você entende com um pouco mais de profundidade neste outro post.

A importância da prova social está justamente em estimular o consumo do novo cliente a partir da experiência de sucesso de um outro consumidor.

Utilizar a prova social como fechamento do seu pitch é uma boa ideia: afinal, você conseguiu explorar os problemas do seu público-alvo e aguçá-lo com soluções extremamente interessantes. A grande dificuldade agora é convencê-lo a adquirir determinado produto ou serviço – e isso pode ser feito através do depoimento ou testemunho de outras pessoas que tinham problemas semelhantes e conseguiram resolvê-los com o que o seu negócio oferece.

 

Quais são os benefícios da prova social para a construção do pitch?

Como explicamos, a prova social pode ser a chave de ouro para encerrar a sua apresentação e conquistar o seu público. Alguns dos benefícios que você pode obter para o seu pitch com os dados levantados na prova social são:

 

Autoridade

A prova social oferece uma espécie de garantia para os novos consumidores através da fala de outros clientes. Esse sentimento desperta a confiança dos clientes em potencial e desperta um gatilho instantâneo, garantindo credibilidade para o seu negócio.

 

Transparência

Obter uma opinião espontânea é a melhor forma de construir a sua prova social. E quanto mais transparente o seu negócio for para receber esse feedback, melhor. Por isso, deixe no seu site ou rede social um espaço para receber essas mensagens. Também estabeleça uma estratégia para responder a esses registros. Seja uma mensagem positiva ou negativa, nunca deixe de responder um cliente.

E nada de resposta automática: responda de forma personalizada e objetiva ao seu cliente. Assim, você estará estabelecendo um relacionamento e poderá gerar frutos positivos para o seu negócio.

Alguns dos lugares onde você pode obter essas opiniões ou registros são:

  • Caixa de comentários nos sites ou redes sociais;
  • Depoimentos de clientes satisfeitos, obtidos através de pesquisas pessoalmente, por telefone ou e-mail;
  • Quadro de avaliação, que pode ser colocado no seu site ou loja;
  • Número de visitantes, com a quantidade de usuários que retornam para o seu site e repetem uma compra;
  • Número de seguidores ativos, mostrando a força da sua marca nas redes sociais;
  • A opinião de celebridades ou especialistas a partir de publiposts. Mesmo sendo controverso, alguns consumidores dão maior credibilidade para um produto ou serviço se um nome conhecido representar uma marca.

 

Aceitação e Avaliação

Ao levantar provas sociais positivas, a taxa de aceitação da sua empresa começa a crescer junto a novos clientes. Além disso, quanto melhor avaliada for o seu negócio, melhor será a maneira como você será visto pelo seu público-alvo.

 

Referência

Ser referência em algo é um dos pontos mais importantes para ser trabalhado no seu pitch. Com a prova social, a sua marca se torna a primeira a ser escolhida por um grupo de clientes.

 

A prova social aplicada no pitch

Cavett Robert, consultor de vendas e motivação diz que:

95% das pessoas são imitadoras e apenas 5% são iniciadoras. Essas pessoas são convencidas mais pelas ações dos outros do que por qualquer prova que possa ser oferecida.

Encerrar o pitch com a prova social ao invés do benefício garante mais força para a apresentação. Você trabalha diferentes elementos – como autoridade, transparência e referência – e se torna conhecido por oferecer algo bem aceito pelos clientes.

Uma fórmula para ser utilizada na aplicação da prova social no pitch é a seguinte:

  • Sabe aquele [descrição da dor do público ou do problema a ser resolvido]?
  • O que nós fazemos/o meu produto [descrição do produto/serviço].
  • Fulano de tal [descrição de como um cliente utilizou o seu produto/serviço e se beneficiou disso].
  • Assim [descrição da proposta de valor/benefício gerado].

 

Exemplo

Você é um daqueles executivos que sabe que poderia dar uma guinada na carreira com a ajuda de um coach, mas não tem dinheiro ou tempo para se dedicar a um processo de coaching presencial?

O Coach-o-matic é um aplicativo que traz dezenas de programas de treinamento comportamental que você pode fazer a qualquer hora ou lugar com planos a partir de R$29.

Aliás, o Eduardo, que é gerente financeiro de uma multinacional conseguiu alcançar suas metas em 3 meses com o aplicativo porque pode adequar o treinamento com sua rotina imprevisível.

Além do Eduardo, outros 350 usuários já concluíram com sucesso mais de 30 programas comportamentais. Experimente grátis por 30 dias.

Se você estiver fazendo um pitch mais longo ou uma versão informal, é possível juntar as duas estruturas citadas acima. Assim, você irá trabalhar com a composição Problema + Solução + Benefício + Prova. Você também pode conhecer aqui a fórmula tradicional do pitch e aplica-la na sua apresentação.

Lembre-se: você nunca terá a melhor versão da sua apresentação na primeira tentativa. Este outro post te explica direitinho o que você deve fazer para aperfeiçoar o seu pitch. É experimentando, ouvindo feedbacks e aperfeiçoando seu texto que se obtém os melhores resultados.

Comentários

Comentários