Google Discover: Como atrair mais tráfego para seu site sem pagar anúncios

Google Discover Como atrair mais tráfego para seu site sem pagar anúncios

Para ter bons resultados, um site deve estar bem posicionado nas buscas do Google, mas nem sempre o orçamento é suficiente para fazer anúncios pagos. Veja como o Google Discover pode potencializar a busca orgânica.

Tão importante quanto ter um site é fazê-lo aparecer entre os primeiros resultados da busca do Google. Com o Google Discover, é possível fazer suas páginas aparecerem para pessoas que tenham interesse no seu conteúdo de forma gratuita.

O usuário do Google está habituado a uma forma de busca ativa, ou seja, à medida que surge uma necessidade, ele digita uma palavra-chave e clica nos sites com títulos mais interessantes e que, geralmente, aparecem no máximo na primeira página.

A novidade do Google Discover é um comportamento reverso. Em vez da busca ser feita ativamente, é o Google que entrega um resultado de acordo com os interesses dos usuários.

Neste artigo você vai saber:

  • O que é Google Discover?
  • Onde Google Discover está?
  • Google Discover e otimização de conteúdo
  • É possível avaliar as métricas do Google Discover?

O que é o Google Discover?

O Google Discover procura prever os conteúdos de interesse e se antecipar oferecendo sugestões aos usuários com boas chances de eles gostarem. Essas recomendações se baseiam no histórico de buscas, interações com ferramentas do Google e nas opções que os usuários marcam informando que desejam receber mais links sobre determinados assuntos. Portanto, o Google Discover funciona como uma central personalizada de conteúdos de interesse.

Onde Google Discover está?

Mas afinal onde aparece o Google Discover? A ferramenta funciona apenas para a versão mobile do Google, seja pelo aplicativo ou navegador. Quando você acessa o Google pelo celular já deve ter notado que abaixo do campo de busca aparecem vários links com uma diversidade de assuntos, que geralmente têm relação com os nossos interesses. Esses campos são chamados de cards, que aparecem em uma espécie de feed de notícias e, na maioria das vezes, os conteúdos são bem atuais, do dia ou da semana. Baseado nas buscas, o algoritmo também pode sugerir um link mais antigo, mas que tenha relevância para o usuário. Se seu smartphone não exibe os cartões do Google Discover na página de pesquisa do Google e nem na tela à esquerda da página inicial experimente abrir o aplicativo Google.

Google Discover: Atraindo tráfego orgânico.

Google Discover e a otimização de conteúdo

Tudo que você publicar no seu site vai aparecer no feed dos usuários? Não é bem assim. É preciso seguir algumas recomendações para aumentar as chances do seu conteúdo aparecer espontaneamente no celular das pessoas. 

Confira algumas dicas para otimizar o conteúdo para aparecer no Google Discover:

Faça sempre páginas responsivas

O Google tem priorizado sites que sejam responsivos, ou seja, os que a tela se ajusta ao tamanho de celulares e tablets. A responsividade é um dos critérios para o Google rankear os links nos resultados da busca. Como o Google Discover está disponível apenas para celular, a responsividade é fundamental. Ter um site responsivo promove uma melhor experiência ao usuário, aumenta o engajamento e mostra ao Google que seu conteúdo é relevante para quem acessa.

Capriche na qualidade das imagens

O cartão do Google Discover segue uma estrutura básica: uma imagem, o título e o comecinho do texto. A imagem é muito importante para chamar atenção para o conteúdo. Portanto, o Google recomenda o uso de imagens com boa qualidade e alta resolução (pelo menos 1200 pixels de largura).

Trabalhe com assuntos atuais

Pesquisas mostram que as notícias são responsáveis pela grande maioria dos cliques. É claro que um site de uma empresa não gera notícias, mas é possível linkar a atividade com acontecimentos recentes. Uma empresa que aluga notebooks, por exemplo, pode publicar um conteúdo informando que durante a pandemia da Covid-19 as locações destes equipamentos disparam. É uma notícia que pode atrair a atenção para sua página. As notícias podem ser mescladas com artigos mais antigos, mas que tenham relevância para os usuários.

Identifique temas abrangentes

Os interesses dos usuários serão agrupados por temas abrangentes. O Google não irá classificar o interesse como “seleção brasileira de futebol”, mas sim como esportes. Por isso, é importante identificar os temas relevantes para o seu público e assim compor as palavras-chave de acordo com este interesse.

É possível avaliar as métricas do Google Discover?

Todos os dados de acesso da busca orgânica e do Google Discover ainda são reunidos no Google Analytics, sem distinção entre eles. Então como saber se a minha página apareceu no feed do celular? Uma pista pode ser um número de acessos muito superior ao registrado normalmente. Como os links ficam disponíveis no Google Discover por pouco tempo, em média por três dias, um aumento súbito pode indicar a presença do link no feed.     

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.