Marketing de Busca: Como fazer o Search Engine Marketing (SEM)?

Marketing de Busca como fazer o Search Engine Marketing (SEM)

O marketing de busca reúne diversas técnicas para fazer seu site aparecer bem posicionado em páginas como o Google e o Bing. Aprenda a aplicar essas técnicas e entenda a diferença entre o marketing de busca orgânico e pago.

O marketing de busca não pode ficar de fora das estratégias para vender tanto de forma online quanto offline. As páginas de busca hoje são o primeiro caminho para os consumidores encontrarem as primeiras informações sobre produtos ou serviços. Por isso, ter seus conteúdos na primeira página do Google pode representar a diferença entre lucro ou prejuízo nas vendas. É aí que entra o marketing de busca, com o objetivo de fazer seu site ser visto e acessado por um grande volume de usuários.  

Você vai encontrar neste artigo:

  • O que é marketing de busca?
  • Como aplicar o marketing de busca?
  • Marketing de busca pago x orgânico

O que é marketing de busca?

O marketing de busca ou Search Engine Marketing em inglês envolve as ações e técnicas dentro de uma estratégia para posicionar conteúdos em sites de busca. Há uma série de critérios que o Google, Bing ou Yahoo! levam em conta para subir um conteúdo aos primeiros resultados ou colocá-los no limbo da internet. Portanto, dominar as técnicas é essencial para conseguir atrair o máximo de público para a página com o menor custo possível. 

Como aplicar o marketing de busca?

Como foi citado anteriormente há um conjunto de técnicas para fazer o marketing de busca trabalhar a favor da sua empresa. Entre as ações de marketing digital que podem alavancar o site ou blog em motores de busca são:

SEO

Search Engine Optimization, SEO, é um conjunto de técnicas para se trabalhar com as palavras-chave e fazer o match entre o que o usuário busca com o que a página oferece. Para escrever os textos com foco em SEO é preciso analisar quais termos os usuários digitam no Google para encontrar o que estão buscando. Uma dica importante aqui é investir nas long tails, as palavras-chave de cauda longa, que possuem menos acessos, mas são mais segmentadas. Usar bicicletas para trilha tem menos volume do que apenas bicicletas, mas ajuda a chegar ao público mais específico.

Link building

Os motores de busca valorizam mais as páginas que são autoridade no assunto, que são referências. Por isso, se no site tiver links externos isso ajuda o Google a identificar um conteúdo relevante o que potencializa o ranqueamento da página.

Olho na concorrência

Por que o site do concorrente bomba de acessos e o seu não? Analise os conteúdos dos seus principais concorrentes, identifique suas palavras-chave e estratégias utilizadas para atrair a audiência. Nessa comparação também é possível descobrir onde a concorrência está falhando e aproveitar uma oportunidade.

Foco no usuário

Despejar palavras-chave de forma repetitiva no conteúdo para servir apenas de isca é uma péssima ideia para subir sua página nos motores de busca. É importante priorizar sempre o atendimento das necessidades do usuário, fornecer um conteúdo que tenha qualidade, que seja relevante, que solucione um problema para aumentar a credibilidade da página. 

Marketing de busca pago x orgânico

As técnicas do marketing de busca têm como principal objetivo potencializar a busca orgânica, ou seja, quando os usuários encontram sua página de forma espontânea sem ser por anúncios pagos. Para alcançar seu público é possível utilizar anúncios pagos, como o Google Ads, que podem promover boa visibilidade com baixo custo.

Seja qual for a maneira de fazer o marketing de busca, orgânico ou pago, é importante ter sempre em mente as necessidades do usuário para corresponder às suas expectativas, mesmo que a princípio não converta em vendas, mas pode ser um caminho para a geração de leads e entrada no funil de vendas.

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.