Métricas de marketing: quais são os indicadores mais relevantes?

Metricas-de-marketing-quais-sao-os-indicadores-mais-relevantes

As métricas de marketing não podem ser negligenciadas em uma estratégia de campanhas digitais. São elas que vão dizer se a estratégia está dando certo ou se o investimento está indo por água abaixo. Por isso, a atenção aos números é fundamental.

As métricas de marketing são fundamentais para avaliar se a estratégia está sendo eficiente ou se precisa de ajustes para alcançar os resultados esperados. Portanto, não existe marketing digital sem análise de números. É um trabalho que exige atenção, seriedade, consistência e perspicácia para ler nas entrelinhas o que um determinado número está indicando. O momento de fazer essas análises das métricas de marketing não é ao final da campanha com o processo finalizado. É preciso checar os dados com a campanha rodando, comparar os números com as metas traçadas e, se necessário, fazer os ajustes para melhorar os indicadores

Sabemos que métricas e indicadores são coisas diferentes (indicadores são compostos de métricas), mas para efeito de simplificação nesse artigo trataremos as duas coisas sem distinção.

Curtidas, comentários e compartilhamentos nas redes sociais indicam que sua estratégia está indo bem? Engajamento é importante sim, mas não são as chamadas métricas de vaidade que darão a medida da performance do seu negócio. 

Neste artigo você vai conhecer as métricas de marketing que têm real impacto no seu negócio.

  • Métricas de atração
  • Métricas de conversão
  • Métricas de receita

Métricas de atração

Número e tipos de visitas

Checar o número total de visitas ao site é importante, mas não se deve olhar somente para isso. As visitas recorrentes, aqueles usuários que visitam o site mais de uma vez, devem ser analisadas para entender por que as pessoas voltam ao site. Entender quais ações fazem seu público voltar ajuda a direcionar os investimentos em marketing para o lugar certo com maior potencial de resultados.

Origem das visitas

Como os usuários chegam até sua página? É pelas redes sociais? Pelo Google? Saber quais são as fontes de tráfego é importante para saber quais campanhas estão dando certo, as que podem melhorar e até mesmo canais que não compensam o investimento. E por quais dispositivos seu site é acessado? Fazer a análise de métricas de acessos por tablets e smartphones é obrigatório para checar a performance da sua campanha.  

Métricas de conversão

Taxa de cliques (CTR)

Quando se paga por anúncios na internet o objetivo é sempre atrair a maior quantidade de visitantes com o menor custo possível. A taxa de cliques é um bom indicador para medir o sucesso dos anúncios pagos. Se o custo do clique estiver muito elevado é hora de rever a estratégia e corrigir a rota.

Visitantes novos e recorrentes

Como é o comportamento do visitante do site? Por que aconteceu a venda já na primeira visita? Por que outros visitantes acessam o site mais de uma vez para decidir sobre a compra? Analise esses comportamentos para medir quantos acessos foram feitos e o caminho feito pelo usuário para chegar à conversão.

Funil de vendas

Nas métricas de marketing, a performance em cada etapa do funil de vendas deve ser avaliada. Pode acontecer de apenas uma etapa enfrentar dificuldades quando as outras convertem bem.

Taxa de rejeição

Métrica importante para saber se muitos usuários entram e saem do site sem clicar em nada. Se esta taxa estiver alta pode ser um alerta de links quebrados, problemas de design, navegabilidade pouco clara etc.

Métricas de receita

Após analisar as visitas e as conversões, um momento fundamental das métricas de marketing é avaliar o retorno financeiro.

Retorno sobre investimento (ROI)

O retorno sobre investimento (ROI) é uma das principais métricas de marketing e indica o quanto seus esforços nessa área estão de fato gerando lucros para a empresa.  O cálculo é bem simples:

ROI = (receita – valor do investimento) / valor do investimento.

Para ficar bem claro, suponha que você tenha investido R$ 4.000,00 em uma campanha de marketing e, com ela, obtido R$ 9.000,00 de receita. Dessa forma:

ROI = (9.000 – 4.000)/4.000

ROI = 5.000 / 4.000

ROI = 1,25

Nesse caso, seu retorno seria 125% sobre o valor que investiu.

Custo de aquisição do cliente (CAC)

O custo de aquisição do cliente (CAC) é essencial para mostrar quanto seu negócio investe para conseguir um novo consumidor do seu produto ou serviço.

Para medir o CAC, é preciso somar os custos com o marketing em um determinado período e comparar isso com os resultados obtidos.

Assim, vamos supor que você tenha investido R$ 5.000,00 em um período de dois meses e conquistado 10 novos consumidores nesse tempo.

Isso significa que, por mês, você gastou R$ 2.500,00 e conquistou cinco clientes, ou seja, seu CAC seria de R$ 500,00. Dessa forma, você consegue avaliar se o valor encontrado vale a pena ou não.

Ticket médio

O ticket médio é uma métrica que indica o valor que cada consumidor gasta, em média, nos produtos ou serviços da organização.

É possível calcular ticket médio por transação, mais comum, ou ticket médio mensal. A decisão sobre qual abordagem usar depende da natureza do seu negócio e quais informações impactam mais no seu processo de gestão.

Em nossos exemplos, vamos buscar o ticket médio mensal, ou seja, o valor total médio gasto por cada consumidor mensalmente. A fórmula para isso é bem simples:

Ticket médio mensal = receita mensal / número de consumidores do mês

Lifetime value (LTV)

Após descobrir o CAC, como você vai saber se o investimento é muito alto ou não? Isso pode ser feito por meio do lifetime value ou valor vitalício do cliente (LTV, na sigla em inglês). Basicamente, o LTV consiste em prever quanto dinheiro sua empresa espera receber, em média, com cada consumidor pelo período no qual ele compra seu produto ou serviço.

Embora dependa de outras métricas, o cálculo do LTV é simples. Você precisa do ticket médio e da taxa de abandono (também conhecida como churn) dos consumidores e, assim, saberá quanto tempo, em média, eles utilizam seu produto ou serviço. Dessa forma, multiplica-se o ticket médio mensal pelo tempo que os clientes permanecem.

Vamos supor que seu ticket médio seja de R$ 100,00 e o tempo de permanência, de 6 meses. Assim, temos:

100 (ticket médio) x 6 (tempo de permanência) = R$ 600,00 (LTV).

O que achou dessas métricas de marketing? Já utiliza alguma delas em suas estratégias? Como você pôde perceber, realizar a análise desses números é primordial para o crescimento do negócio.

Tenha sempre atenção aos indicadores que realmente impactam sua empresa e tome muito cuidado com as chamadas métricas da vaidade, combinado?

Se você acha que é o momento de trabalhar ações como essas em sua empresa, entre em contato com a gente. Oferecemos estratégias personalizadas para o seu negócio.

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.