O que é mídia programática e seu papel no marketing digital

A mídia programática otimiza o processo de compras de anúncios pela internet. Imagine que sua empresa vá anunciar em diversos sites e para isso tenha que entrar em contato com cada um deles. Fazer esse relacionamento direto, além de consumir tempo, nem sempre vai atingir aquele público segmentado, o alvo da empresa. A mídia programática, portanto, é um facilitador que faz o produto ou serviço chegar à diversas plataformas com o perfil de público mais certeiro.

O que é mídia programática?

A mídia programática é uma forma automatizada para fazer compra de mídia em sites. Atualmente, a forma mais comum de se fazer essa compra é por sistema de leilão, ou seja, o anunciante que faz a oferta mais alta consegue a divulgação em um determinado espaço. Os detentores destes espaços na internet são chamados de publishers, que podem ter um site cujo conteúdo tem tudo a ver com o que está sendo vendido.

Como funciona a mídia programática?

O primeiro player deste processo já foi citado, o publisher. Os outros são:

DSP

A Demand-Side Platform é a plataforma que vai processar as informações do cliente sobre a segmentação, de acordo com o perfil de seu público-alvo e o valor que está disposto a pagar pelos anúncios.

Real Time Bidding

São as compras e vendas dos anúncios feitas em tempo real.

Ad Exchange

É a plataforma que faz a intermediação entre o publisher e o DSP na compra e venda das mídias.

Ad Network

Como o nome já dá a entender, são empresas que fazem o relacionamento entre os anunciantes e os publishers.

Data Management Platform

Plataforma que reúne todos os dados sobre os anúncios em veiculação e a resposta do público-alvo.

Tipos de compra

Os anúncios podem ser feitos em formato display, vídeos, banners e outros, e a compra dos espaços para fazer as veiculações pode ser feita de forma reservada ou não reservada.

Forma reservada: quando todo o trâmite é feito por uma DSP, o que dá ao cliente prioridade na compra de espaços;

Forma não reservada: os espaços ficam em uma empresa Ad Network, disponíveis para venda a qualquer cliente, desde que tenha acesso a uma DSP.

Mídia programática nas estratégias de marketing digital

As DMPs têm parcerias com diversos sites, que mapeiam o comportamento do usuário e informações geradas por cookies. Assim, essas empresas vão criando blocos de usuários segmentados por sexo, demografia, interesses, etc. De acordo com esses dados, os lances para a compra de espaços só são feitos se o site tem um conteúdo relacionado com o produto ou serviço. Por exemplo, um site sobre turismo para anunciar um pacote para o feriado de um hotel.

Também são criadas listas de sites de acordo com o tipo de conteúdo. Um grupo de sites só sobre esportes é ideal para quem vai anunciar produtos esportivos.

Com a mídia programática é possível fazer as ações de retargeting para apresentar o produto ao usuário mais vezes, caso ele abandone o carrinho. A taxa de abandono de carrinhos é muito alta, mas o retargeting aumenta as chances de o consumidor voltar atrás significativamente.

Por isso, a mídia programática pode desempenhar um papel chave nas estratégias de marketing digital, otimizando os recursos com anúncios e tornando-os mais eficientes.  

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.