Redes sociais: entenda mais sobre gestão e monitoramento

O aumento do uso das redes sociais por parte das pessoas exigiu que as empresas modificassem e criassem novas formas de interação com os seus consumidores.

Segundo o Statista, o Facebook, por exemplo, tem 2.07 bilhões de usuários ativos. Para que a comunicação entre a empresa e o consumidor obtenha bons resultados, é importante estar presente e elaborar estratégias de monitoramento e gestão do conteúdo publicado.

O engajamento é uma algo extremamente difícil de se conquistar. Os robôs e algoritmos das redes sociais são alterados diariamente, introduzindo poucos conteúdos de forma orgânica. As mudanças nos perfis empresariais das redes sociais exigem um investimento diferenciado para cada negócio.

É importante para uma empresa compreender que ela deve estar presente aonde seu público. E o principal objetivo de uma empresa com as redes sociais é se fazer conhecida e estreitar relacionamentos com clientes.

Por meio de um efetivo trabalho de marketing digital e com uma estratégia correta na gestão das redes sociais, a empresa conseguirá se mostrar para o seu público como autoridade no ramo, facilitando a sua interação. Com a produção de conteúdo relevante, essas pessoas serão engajadas e estimuladas a disseminar a sua marca para a sua rede de relacionamentos, ampliando o seu alcance.

Até agora, você já percebeu como é importante estar nas redes sociais. Separamos neste post algumas perguntas mais comuns que as pessoas fazem quando o assunto é a relação entre as empresas e as redes sociais. Se você tiver alguma dúvida, mande uma mensagem para a gente ou deixe um comentário ao final do post.

Em quais redes sociais minha empresa deve estar presente?

Para responder a essa pergunta, você precisa conhecer muito bem o perfil do seu público e descobrir em quais redes essas pessoas são mais presentes e atuantes.

Além disso, você precisa descobrir qual das redes sociais também é capaz de trazer mais retorno para a sua empresa.

O Facebook, por exemplo, é bastante abrangente em matéria de público e modalidades de postagens. Por isso, a maioria das empresas precisa estar lá.

Já o Instagram é mais indicado para empresas que possuem públicos mais jovens. Os produtos dessas empresas são divulgados de uma melhor maneira através de imagens e vídeos. Um exemplo para o Instagram são fábricas de roupas ou calçados.

Por outro lado, o LinkedIn é aconselhado para as empresas que possuem clientes mais corporativos, como as sucroalcooleiras.

O que publicar nas redes sociais?

O conteúdo a ser desenvolvido nas redes sociais depende muito do seu público. Compreenda que o conteúdo a ser criado dever ser atraente para o consumidor em potencial para o seu negócio. Por isso, deixe de fazer propaganda dos seus produtos. Além de cansar seus seguidores, isso não é relevante para a grande maioria, que busca conteúdo, e não publicidade.

Pense, por exemplo, em uma pessoa que quer conhecer um pouco mais sobre os benefícios da maçã. Ao entrar no site de uma fazenda que produz maçãs, o que ela faz se só tiver textos repletos de propaganda e frases de efeito? Obviamente ela irá sair do site.

É por isso que é importante construir algo que realmente faça a diferença na vida dos seus clientes em potencial. Seu conteúdo deve ser informativo e relevante, e não apenas mais um texto que segue as regras de SEO.

Apresente um diferencial e conquiste o seu público com isso. Para atingir esse objetivo, vale a pena utilizar uma regra proveniente do Princípio de Pareto. Esse conceito leva em consideração que 80% das postagens devem ser de conteúdo para atrair visitantes e seguidores. As 20% restantes precisam convencer essas pessoas para, no mínimo, entrarem em contato com a sua empresa.

Como eu analiso os meus resultados?

Para saber se a estratégia e a gestão de redes sociais estão surtindo efeito positivo para a empresa, é preciso medir e analisar os dados das ações.

A vantagem do marketing digital é que tudo fica registrado, ficando mais fácil obter os resultados. Porém, você precisa ter cuidado para saber o que medir e como interpretar as informações.

As métricas de vaidade é um termo de marketing digital que indicam que os resultados são positivos. Mas, na verdade, a estratégia não acrescentou em nada para a empresa.

Se uma campanha aumentou o número de curtidas na sua página do Facebook, o que importa é quantos usuários se tornaram consumidores.

Como eu faço tudo isso de maneira eficiente?

Para identificar quais redes sociais investir, criar postagens atrativas que convertam em vendas e medir a eficiência de tudo isso, é preciso adotar uma correta gestão de redes sociais.

Definir uma boa estratégia agregará vantagens competitivas para a sua empresa, com o fortalecimento da marca perante o seu público, a diferenciação diante da concorrência e a atuação em mercados segmentados, maximizando os ganhos.

Assim, é importante procurar por alguém capacitado para ser o responsável pela gestão de redes sociais.

Se você gostou desse conteúdo, aproveite e assine a nossa newsletter para receber mais informações valiosas como essas!

Comentários

Comentários

Rastreou de seu site.

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.